Archive for Gourmet

Artigo: Receitas para fugir do óbvio nesta Páscoa

Receitas para fugir do óbvio nesta Páscoa

http://flip.it/F696b

Anúncios

NOITE FRANCESA

Ontem a noite eu participei de um curso gastronômico noite francesa com os Chefs Lino Fructuoso e Luis Beto no Espaço Gourmet Solar Uberaba no Park Way.
Preparamos a entrada Steak Tartere com ovopochê; 
Prato principal Steak ao poivre com batata Soutê e de
sobremesa Creme Brulee.
Veja o que eu preparei no curso.

image

Steak Tartere com ovopochê

image

Steak ao poivre com batata Soutê

image

Creme Brulee

image

Com o Chef Luís Beto

image

Com o Chef Lino Fructuoso

image

Com o meu parceiro DJ Sony.

A próxima será uma Noite Portuguesa

Será que Meu Vinho Está Estragado???

Será que o meu vinho está estragado???
Nesse post, vamos aprender como reconhecer problemas e defeitos do seu vinho. Fique esperto… se encontra algum desses, siga esse conselho:
Imediatamente, após o seu primeiro gole… separe a garrafa e  a devolva o mais rápido possível. Em qualquer lugar que  você esteja, seja um restaurante, seja uma loja, seja um supermercado, seja uma adega e etc… Agora, não vale esperar a garrafa ficar no final! Por que daí… isso não vai “pegar bem”.

Será que Meu Vinho Está Estragado???

A paixão de todo enófilo é poder apreciar e degustar o seu vinho. Mas, pode ser que seu vinho apresente algum tipo de problema que atrapalhe a sua degustação. Alguns dos defeitos do vinho, não são tão fáceis de serem percebidos, já outros, podemos até conseguir perceber um certo defeito.
Vamos aos principais:

Oxidação

Diz-se que um vinho está oxidado quando ele pode ter estado tempo demasiado em contacto com o ar que acabou por alterar o seu sabor.  A oxidação é causada pelo excesso de oxigênio no vinho. Isso pode ter acontecido devido:
  • A falha de vedação;
  • Armazenamento incorreto. Se foi na vertical, a rolha secou e entrou oxigênio;
  • Resultando de um envelhecimento. Ou envelheceu de mais (passando do ponto) devido a sua guarda incorreta – pode ter sido um local quente – ou ainda você passou do ponto de ter aberto a garrafa… Lembre-se que vinhos não duram para sempre!
  • Abrir a garrafa e deixar na geladeira… Vixi quando você abriu a garrafa, entrou ar nela. Mesmo se tampar e por na geladeira e demorar a consumir… o vinho vai oxidar! Os mais experientes já notam se a garrafa ficou de um dia para o outro. O jeito é usar uma bombinha de ar para tirar o ar do vinho antes de colocar na geladeira (daí pode durar no máximo uma semana).
  • Ou oxidação.

Um vinho muito oxidado tem seu aroma e sabor assemelhado ao vinagre (com certo amargor). O grande problema é que existem vários níveis de oxidação que as vezes não são fáceis de serem percebidos. Por exemplo: uma bebida pouco oxidada vai ser mais facilmente percebida por quem já tomou desse vinho em boas condições e tem um parâmetro para comparar.
Minha experiência pessoal, uma vez abri uma excelente garrafa de Lagarde Primeras Vinas que estava levemente oxidado… já estava passado. Uma pena… O que pude sentir? Nada! Os aromas não levantam!!! não dá para avaliar o vinho… depois de uma hora areando (tentando levantar os aromas do vinho), nada ocorreu e ficou um retrogosto amargo na boca.
Com a tendência de usar níveis menores de dióxido de enxofre (SO2) no processo de engarrafar o vinho, acabamos por tendo um numero maior de vinhos oxidados, uma vez que o enxofre atua no combate de microorganismos.
Outro grande indicador de oxidação do vinho é a sua cor. Mas, como assim a cor??? É, a evolução da sua cor: para o vinho branco, ele evolui para uma cor de cobre escuro e o tinto uma cor mais clara e amarronzado.

Bouchonnè – Vinho Rolha

Esse é um problema que atinge cerca de 6% dos vinho vedados com a cortiça natural. Daí esse vinho recebe o nome de vinho rolha ou bouchonnè.
O que acontece?
A rolha é contaminada pelo TCA (tricloroanisole), que é uma substância produzida durante o processo de claramente e esterilização da rolha com compostos clorados. Existe risco de ocorrência de TCA sempre que estão presentes fenóis, cloro e fungos.
Como perceber isso???
Infelizmente, não dá para saber se um vinho ficou Bouchonné só olhando para ele, pois o mofo da rolha não aparece na superfície dela. Para identificar, você precisa cheirar a rolha (lembra que o sommelier faz isso?) e cheirar o vinho.
O aroma característico é bem desagradável, tem cheiro de papelão molhado e mofo. Nota: quanto mais tempo você deixar o vinho na taça, mais intensa ficará esta característica e nenhum outro aroma vai aparecer. Por favor… não vai beber o vinho com gosto de mofo, ok? Pois demora para sair mesmo bebendo muita água… vai estragar sua refeição.

Sulfídrico  – Seu Vinho com Cheiro de Ovos podres!

O que acontece… o Sulfeto de hidrogênio aparece com muita freqüência em vinhos que foram fermentados em um ambiente com limitação de nitrogênio e acabam por exalar um cheiro de ovos podres.

Ácido Acético – Vinho azedo!

Muito semelhante ao vinho oxidado, porém, mais agressivo. Só que agora… é provocado por uma bactéria denominada acetobacter.

Dióxido de enxofre  – Cheirinho de Fósforo…

O SO2 protege o vinho do oxigênio e microorganismos. Mas em excesso… cheira a fósforo apagado e dá aos vinhos um sabor agressivo. Também é um dos responsáveis pela dor de cabeça!

Aroma de Suor de Cavalo?

É um aroma que predomina (com maior frequência) vinhos velhos. Alguns dizem até apreciar… mas na verdade, muitos odeiam!
O que causa esse cheiro?
É provocado pela molécula 4-etil fenol (sintetizada pela levedura Brettanomyces Dekkera). Isso acaba revela a falta de higiene na adega e das barricas!!!

Muita Espuma!

Se ao por o vinho na taça e você ver que ele está com muita espuma… sendo fácil notar isso nas paredes da taça. É um típico sinal de fermentação do vinho mesmo depois de ter sido engarrafado.
Pode ter sido também, devido à introdução de gás inerte no processo de engarrafamento, ou até mesmo depois de aberto (servido nas máquinas por taça).

Experimentando o Vinho no Restaurante

Esse post vou falar sobre o antigo ritual em que o sommelier serve o vinho ao seu cliente, o cliente experimenta. E se não gostar??? O que fazer??? Devolver a Garrafa???

Experimentando o Vinho no Restaurante

Essa grande dúvida/enigma é muito comum em várias pessoas que bebem vinhos em restaurantes. Acredito que você já deve ter se perguntado o que acontece se o cliente que provou o vinho não gostar do vinho???
Primeiramente o sommelier deve trazer a garrafa ANTES de abri-la, para que o cliente possa conferir se  o rótulo escolhido é o mesmo que foi selecionado quando olhou a carta de vinhos. Nessa hora, você que pediu o vinho, deve pedir para pegar a garrafa na mão a fim de conferir o rotulo e a temperatura. Afinal, não vai querer beber o vinho quente demais né?!!!
Se estiver quente, troque a garrafa nessa hora, peça uma que esteja na adega ou então um baldinho de gelo. OBS: Não vai beber o vinho tinto gelado demais ok?
Posteriormente o sommmelier abre a garrafa e serve uma pequena dose do vinho ao cliente que solicitou. Nessa hora, você deve degustar discretamente o vinho e então…

E AGORA??? Não gostei do vinho? Posso devolver???

Não pode! Essa prova não é para ver se o vinho é bom, mas se está bom!!! Ou seja, não é para saber se o vinho te agradou, mais sim para ver se o vinho está em boas condições, não está oxidado, com cheiro ruim, embolorado e etc…
Pois se o vinho lhe parecer estragado, você pode pedir ao sommelier para provar se realmente o vinho está estragado. Caso esteja estragado, o sommelier deve lhe trazer outra garrafa para prova.
Se o vinho estiver bom, não estiver estragado, você deve autorizar o sommelier a servir o vinho. Então o vinho é servido primeiro aos convidados e depois a você (pois você já o experimentou).

Por que o Sommelier Cheira a Rolha???

Pessoal!!!
EU SEI… muitos já se perguntaram: Por que todo restaurante tem um tal “cheira rolhas”??? Pois é! Esse profissional que cheirou a rolha antes de lhe servir o vinho, na verdade é o sommelier!E por que motivo ele faz isso??? Bom… ele faz isso basicamente para garantir que ao te servir o vinho, ele esteja em boas condições e que você tenha uma experiência maravilhosa o apreciando.

Vamos lá… confira os detalhes e seja um expert você também!!!

Por que o Sommelier Cheira a Rolha???

A rolha é muito importante e de cara… ela acaba dando algumas pistas sobre a qualidade do vinho antes mesmo de provar! Veja as principais pista:

  • Se a rolha estiver seca: isso pode indicar que a bebida foi armazenada de pé (e não deitada, como é indicado para vinhos).
  • Se a rolha estiver molhada demais: podemos suspeitar que acabou entrando um pouco de ar além da conta e ela foi danificada.
  • Se a rolha estiver com cheirinho de vinagre: Vixi… é bem provável que o vinho esteja oxidado… isso significa que entrou muito ar na garrafa por defeito da rolha ou quem sabe… um mau armazenamento.
  • Se a rolha estiver com aromas de mofo ou papelão molhado: Ai é pior ainda!!! Trata-se de um fungo atacou a cortiça (dizemos que o vinho está bouchonné).
Para se ter uma idéia… “Comprovadamente cerca de 5% dos vinhos chegam ao restaurante estragados”, diz Juscelino Pereira, do Piselli em uma entrevista dada a Uol Comidas e Bebidas a respeito do tema.

Então… JUSTAMENTE por isso o profissional sommelier vai cheirar a rolha e verificar se o vinho está em boas condições.

Já pesou se por acaso, não tivéssemos esse profissional e você fosse lá e bebesse o vinho com sabor de mofo? JÁ ERA A SUA REFEIÇÃO!!! Até você beber “litros” de água para passar o gosto ruim da sua boca… sua bela harmonização foi-se embora… Agora, imagina ainda se é um primeiro encontro e você serve o vinho para sua amada??? Caramba! Nem quero ver o que vai dar…

DAÍ VEM MAIS UMA IMPORTÂNCIA DO SOMMELIER! Garantir que o vinho esteja em boas condições para que você possa aprecia-lo…

Mudando um pouquinho de assunto…
Se você por acaso ainda não convencido da importância do sommelier… voltemos há uma época da idade média… O sommelier verificava se o vinho estava em boas condições de ser servido ao seu Rei! Ele provava o vinho primeiro para saber se não estava envenenado, para depois servir… Caramba!!! E você achava isso tudo besteira?!!!

É bom saber também que: se a bebida estiver com algum defeito a importadora troca os vinhos para o restaurante.Agora.. dica para você: Preste muita atenção nas qualidades, mas preste mais atenção ainda nos defeitos do vinho! Quando você abrir uma garrafa estragada, tente memorizar aquele cheiro para aprender a distingui-lo (são fáceis de distinguir) e não errar na próxima vez…

Fonte: Blog Enofilia

BOLO SEM FARINHA

Bolo de achocolatado e coco sem farinha

Ingredientes:

Ingredientes massa:
7 ovos inteiros
7 colheres (sopa)
de achocolatado (marca de preferência)
2 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de óleo
1 lata de leite condensado
100g de coco ralado

1 colher (sopa) de fermento em pó
Ingredientes cobertura:
1 lata de leite condensado
1 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de manteiga
3 colheres (sopa) de chocolate em pó

Modo de Preparo:
Bater todos os ingredientes da massa no liquidificador e acrescentar ao final o fermento em pó.
Misturar levemente. Levar para assar em forma untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo. Depois de pronto, acrescente a cobertura, que é preparada levando-se todos os ingredientes ao fogo, misturados até o ponto de um brigadeiro mole. Finalize a receita com raspas de chocolate por cima.
Receita de Neusa Pires Zetone, publicada no livro Sedas & Sabores

Categoria: Sobremesas:
Bolos
Cozinha: Brasileira
Temperatura: Quente
Dificuldade: Média

Panquecas (receita da vovó)

Ingredientes

  • 1 copo de leite
  • 1 ovo
  • 1 copo de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de óleo
  • 1 pitada de sal
  •  

    Modo de Preparo

    1. Bata os ingredientes no liquidificador
    2. Pré aqueça uma frigideira de teflon com uma colherinha de óleo
    3. Coloque a massa na frigideira com o auxílio de uma concha
    4. Deixe assar até que a borda obtenha uma cor dourada
    5. Vire a panqueca e recheie ao seu gosto (carne, queijo e presunto, frango etc) deixando dourar o outro lado
    6. Enrole e reserve-as em um pirex
    7. Cubra com molho de tomate polvilhado com queijo ralado e leve ao forno pouco antes de servir só para aquecer
    8. Sempre que quiser pode aumentar a quantidade, é só dobrar a receita
    9. tirando o sal da receita você pode rechear a panqueca com doce de leite, brigadeiro, nutela, banana, geléia

    Crepe com frutas

    Massa saborosa com toque de café recheadas com frutas vermelhas. Para surpreender a todos!

    Fãs de crepe vão amar esta receita! A massa de crepe leva café entre seus ingredientes. Os que duvidam do sabor podem se surpreender. A ideia é do Café Pilão.

    Ingredientes
    – 3 colheres (chá) de manteiga
    – Meia xícara (chá) de açúcar
    – 2 ovos
    – 1 xícara (chá) de farinha de trigo
    – Meia xícara (chá) de Café Pilão
    – 1 xícara (chá) de leite
    – 1 xícara e meia (chá) de framboesas frescas
    – 1 xícara (chá) de mirtilos (blueberries)
    – 2 xícaras (chá) de morangos picados
    – 1 colher (sopa) de mel
    – 1 pote de iogurte natural (200g)
    – 2 colheres (sopa) de hortelã picada

    Modo de Preparo
    No liquidificador, bata a manteiga, o açúcar, os ovos, a farinha de trigo, o café e o leite. Unte uma frigideira antiaderente e coloque porções da massa, espalhando por toda a superfície da frigideira. Deixe dourar o lado de baixo e vire o crepe para dourar o outro lado. Vá empilhando as massas prontas em um prato. Misture as frutas e recheie os crepes com elas. À parte, misture o mel, o iogurte e a hortelã. Sirva os crepes recheados com o molho de iogurte.

    Rendimento: 6 porções
    Tempo de Preparo: 40 minutos

    Antepasto delicioso de berinjela

    Tempo de preparo: 30min

    Ingredientes

    • 2 berinjelas grandes
    • 1 ½ xícara (chá) de azeite de oliva
    • 1 pimentão vermelho
    • 1 pimentão verde
    • 1 pimentão amarelo
    • 3 dentes de alho
    • 2 folhas de louro
    • 3 colheres (sopa) de azeitona preta picada
    • 2 cebolas
    • 2 colheres (sopa) de orégano
    • Pimenta calabresa em flocos á gosto
    • Sal á gosto

     

    Modo de Preparo

    1. Lave as berinjelas e corte-as em cubos
    2. Em uma panela de pressão coloque os cubos de berinjela, azeite, orégano, folha de louro, 1 cebola em cubos, alho amassado
    3. Misture tudo, feche a panela sem levar ao fogo e deixe descansar por 12 horas
    4. Passado ás 12 horas, abra a panela e acrescente a pimenta calabresa e o sal a gosto
    5. Leve ao fogo e deixe cozinhar em pressão por 5 minutos
    6. Espere sair a pressão naturalmente
    7. Abra a panela e acrescente os pimentões cortados em cubos, a azeitona e a outra cebola em cubos
    8. Misture tudo, deixe esfriar
    9. Coloque em um vidro com tampa e conserve na geladeira
    10. Sugestão: sirva com pão sírio, torradas, pão francês

    SUCOS – ABUSE DAS FRUTAS NOS DIAS QUENTES DE VERÃO

    Bartender do restaurante Bendito Seja traz receitas de sucos ideais para os dias quentes de verão.

    Saborear um delicioso suco de frutas nesses dias quentes de verão, além de muito refrescante é saudável. Os sucos são fontes de vitaminas e minerais, ideais para repor os líquidos do corpo.

    Pensando nisso, o Restaurante Bendito Seja separou três receitas, preparadas pelo Bartender Flávio Roberto, que além de muito saborosos, vão garantir a sua hidratação. 

    São três opções de sucos: os desintoxicantes – ricos em fibras e promovem um melhor funcionamento intestinal, o que reforça o processo de eliminação de toxinas; o antioxidante – traz uma sensação de saciedade, regulariza a função intestinal e facilita a digestão; e por último o refrescante – ideal para hidratar, ajudar na dieta e tirar proveito das frutas no verão.

    Confira as receitas e aproveite!

     

    Desintoxicante

    Medida para 2 lt

    1,5 lt de água de coco

    400 gr de melancia

    Suco de um limão

    1 lata de soda limonada

    8 folhas de hortelã

    10 cubos de gelo

    Custo para um litro R$ 5,92

     Modo de fazer

    Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto a soda

    Servir  meio copo com bastante gelo e completar com a soda

    Decore com um raminho  de hortelã

     

    Antioxidante 

    20 morangos

    01 pêra

    800ml de água

    10 cubos de gelo

    Medida e custo para um litro R$ 8,25

    Modo de fazer

    Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva no copo com bastante gelo

    Decore com fatias de limão

     

    Refrescante

    500 ml de suco de laranja

    1/2 cenoura

    01 fatia de gengibre

    500 ml de água

    10 cubos de gelo

     Medida e custo para um litro R$ 3,03 

    Modo de fazer

    Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva no copo com bastante gelo decore com um triangulo de abacaxi

     

    Pudim de carne moída

    Tempo de preparo: 1h 00min
    Porções: 12 porções

    • Ingredientes
    • 500 g de carne moída (de sua preferência)
    • 1 xícara de chá de leite morno
    • 1 tablete de caldo de carne (de sua preferência)
    • 2 pães (franceses) amanhecidos
    • 1 colher (sopa) de margarina (de sua preferência)
    • Sal a gosto
    • 5 ovos (claras separadas)
    • 1 colher (sopa) de farinha de rosca para polvilhar a forma
    • 3 colheres (sopa) de salsa picadinhas para polvilhar em cima depois de pronto
    • Modo de Preparo
    1. Esquente o leite em uma panela e dissolva o caldo de carne
    2. Junte o pão picado e adicione na carne moída
    3. Acrescente a margarina, o sal, as 4 gemas e por último as 4 claras em neve
    4. Misture tudo muito bem e coloque, em forma de pudim tradicional untada com margarina e polvilhada com a farinha de rosca
    5. Leve ao forno coberto com papel alumínio para assar, cozinhe 1 ovo e corte em rodelas pra decorar, depois de pronto desenforme e decore com o ovo e a salsa
    6. Acompanha bem com arroz branco e salada

    Doce de abóbora em pedaços

    Rendimento: 6 porções Tempo de Preparo: 4h 00min
    • Ingredientes:
    •  
    • 1 kg de abóbora em pedaços
    • 1/2 kg de açúcar
    • 1/2 xícara de chá de água
    • Cravo canela em pau a gosto
    • 2 litros de água
    • 1 colher (sopa rasa) de cal virgem
    • Modo de Fazer:
      1. Coloque os dois litros de água em uma vasilha a cal mexa bem e coloque os pedaços de abóbora
      2. Deixe de molho por 3 horas mexendo de vez em quando
      3. Após esse tempo lave os muito bem
      4. Coloque os em uma panela juntamente com o açúcar 1/2 xícara de água cravo e a canela
      5. Deixe cozinhar por mais ou menos uma hora mexendo levemente
      6. Sirva gelado com a calda que se formou,raspinhas de casca de limão e creme de leite
      7. A cal usada no doce é comprada em loja de material de construção, porém está escrito que é usada na fabricação de doces e vem em pacotinho de 150 g

    Bolo de banana fácil, fácil

    Bolo bem fácil de fazer, não suja batedeira nem liquidificador. E é receita da mamy.

    É assim: Peneire junto 10 colheres (sopa) de açúcar, 10 colheres (sopa) de farinha de trigo, 1 colher (sopa) rasa de canela em pó e 1 colher (sopa) de fermento em pó. Misture bem e junte 2 colheres (sopa) de manteiga e faça uma farofinha bem solta. Reserve.
    Corte 6 a 8 bananas nanicas (depende do tamanho) no sentido do comprimento e
    faça camandas com a farofa em uma assadeira untada. Comece com a farofa, depois banana, farofa, banana, farofa e termine com a banana. Por cima dessa última camada, despeje 1/2 lata de leite condensado em fios e em seguida a mistura de 3 ovos ligeiramente batidos com um pouquinho de leite.
    Leve para assar em forno preaquecido por aproximadamente 30 minutos. Depois de assado, termine de despejar a lata de leite condensado em cima e leve ao forno novamente para secar um pouco. Fácil, né?
    Minhas considerações e modificações:
    -Coloquei 5 colheres (sopa) de açúcar. Sempre reduzo a quantidade nas receitas, não gosto de bolo muito doce.
    -No bolo todo eu usei 1/2 lata de leite condensado pela mesma razão acima.
    -Agora, quem gosta mesmo de doce, sugiro a receita do jeito que está aqui.

    Filé de frango Tropicalia

    Filé de frango Tropicalia

    Filé de peito de frango é uma carne seca, ela tem que ser trabalhada para que tenha um sabor e ficar suculenta. Com esse pensamento, eu criei essa receita, que além de dar o sabor a carne, permite que ela fique macia e saborosa. Espero que gostem da receita.

    Filé de frango Tropicalia

    Ingredientes:

    – 6 filés de frango
    – 1 colher de sobremesa de mostarda Dijon
    – 1 colher de sopa (bem cheia) de maionese
    – 4 colheres de sopa de pimentão vermelho picadinho
    – 1 cebola
    – sal a gosto
    – pimenta do reino agosto
    – 3 colheres de sopa de azeite
    – 1 cenoura ralada
    – salsinha a gosto

    – Tempere os filés com sal e pimenta do reino.

    – Esquente o azeite na frigideira, e frite  o frango junto com as cebolas

    – Quando a carne começar a dar uma douradinha, coloque os pimentões, a mostarda e a maionese e mexa bem, por fim adicione a cenoura ralada.

    -Finalize com as salsinhas

     

    Quibe de abóbora!

    Os benefícios da vitamina A em uma receita vegetariana!

    Total calórico: 1880 kcal – 522 pts.
    Rendimento: 25 porções.
    Total por porção: 75 kcal – 28 pts – Indicador amarelo.

    Ingredientes:

    • 2 xícaras de trigo para quibe: 1140 kcal – 315 pts.
    • 3 xícaras de água: 0 kcal – 0 pts.
    • 5 xícaras de abóbora: 475 kcal – 131 pts.
    • 1 ½ xícara de cebola: 58 kcal – 16 pts.
    • 2 colheres de sopa de óleo: 140 kcal – 38 pts.
    • Sal a gosto: 0 kcal – 0 pts.
    • 3 colheres de sopa de hortelã: 0 kcal – 0 pts.
    • 1 limão: 19 kcal – 5 pts.
    • 1 colher sopa de margarina: 50 kcal – 13 pts.

    Modo de preparo:

    1- Deixe o trigo de molho em água quente por 30 minutos.
    2- Escorra bem e reserve.
    3- Cozinhe a abóbora até ficar macia, esprema e reserve.
    4- Refogue a cebola no azeite, acrescente a abóbora, o sal e reserve.
    5- Pique as folhas de hortelã.
    6- Reserve. Num recipiente, misture o trigo hidratado, a abóbora, a hortelã e o limão.
    7- Mexa bem.
    8- Coloque em forma untada com margarina e leve para assar em forno médio por aproximadamente 30 minutos.


     

    Torta light de frutas!

    Poucas calorias e muito sabor.

    Total calórico: 931 kcal – 258 pts.
    Rendimento: 10 porções.
    Total por porção: 93 kcal – 26 pts.

    Ingredientes:

    • 500 g de ricota – 700 kcal – 194 pts.
    • 1 xicara de chá de leite desnatado – 59 kcal – 16 pts.
    • 1 envelope de gelatina em pó sem sabor  – 40 kcal – 11 pts.
    • 1 colher de café de baunilha – 0 kcal – 0 pts.
    • 1 caixa de morangos cortados ao meio – 60 kcal – 17 pts.
    • 2 colheres de sopa bem cheias de adoçante para culinária -39 kcal – 11 pts.
    • 2 caixas de gelatina diet morango – 33 kcal – 9 pts.

    Modo de fazer:

    1- Amasse a ricota com um garfo e bata no liquidificador com o leite, a baunilha e o açúcar.

    2- Dissolva a gelatina sem sabor em 1/2 xícara de chá de água e bata novamente no liquidificador.

    3- Coloque esta mistura em uma forma desmontável e cubra delicadamente com os morangos cortados e leve a geladeira por mais ou menos 1 hora ou até que endureça.

    4- Dissolva as gelatinas de morango em 1 copo de requeijão de água fevervente e junte mais copo de água fria e jogue por cima dos morangos.

    5- Leve novamente a geladeira.

    Obs: Pode ser feita com abacaxi em calda light e gelatina de abacaxi light ou manga com gelatina light de manga.


     

    Empadão de frango no liquidificador!

    Tipo de receita: Entrada
    Número de doses:

    Tempo de Preparação: 20 Minuto(s)

    Tempo de Confecção/Cozedura:45 Minuto(s)

    Dificuldade: Fácil

    Ingredientes: 

    Ingredientes:

    Para a Massa:

    – 2 ovos
    – 2 xícaras (chá) de leite
    – 1 xícara (chá) de óleo
    – 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
    – 1 colher (sopa) de fermento em pó
    – sal a gosto

    Para o Recheio:

    – frango cortado em pedaços
    – 1 cebola picada
    – salsa
    – 3 tomates picados – ou molho de tomate pronto
    – 1 lata de milho
    – 12 azeitonas picadas
    – 3 unidades de palmito picado
    – mistura de tempero pronto
    – 2 colheres (sopa) de óle

    Preparação: 

    )

    Tipo de receita: Entrada

    Número de doses: 6

    Tempo de Preparação: 20 Minuto(s)

    Tempo de Confecção/Cozedura: 45 Minuto(s)

    Preparação:

    Modo de Preparo
    Para a Massa: bata todos os ingredientes no
    liquidificador até obter uma mistura homogênea.

    Para o Recheio: aqueça o óleo frite a cebolinha e a salsa, coloque os pedaços de
    frango já temperados. Deixe dourar. Junte os tomates
    picados – ou o molho de tomate pronto, assim que estiver cozinho misture o milho, azeitonas e palmito.

    Montagem:
    Em uma fôrma refratária untada e polvilhada com farinha
    de trigo, coloque a metade da massa, cubra com todo o
    recheio. Coloque o restante da massa por cima. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura moderada por 45 min.
    Pra finalizar, pincelie com ovo batido.

    Tempo de Confecção/Cozedura: 45 Minuto(s)

    Tipo de receita: Entrada

    Número de doses: 6

    Tempo de Preparação: 20 Minuto(s)

    Tempo de Confecção/Cozedura: 45 Minuto

    BOLO DE CHOCOLATE COM CALDA DE AMORA

    tempo de preparo:De 30 minutos a 1 horas

    serve:5 ou mais porções

    ingredientes

    Qtde Medida Ingrediente
    250 Grama(s) Chocolate meio amargo picado
    1/2 Xícara(s) Creme vegetal becel sabor manteiga
    5 Colher(es) de sopa Açúcar
    4 Colher(es) de sopa Leite desnatado
    1/2 Xícara(s) Farinha de trigo
    2 Colher(es) de café Fermento em pó
    1/2 Xícara(s) água
    3 Colher(es) de sopa Açúcar
    200 Grama(s) Amora congelada
    A gosto L sapara untar e enfarinhar: creme vegetal becel sabor manteiga e farinha de trigo

    modo de preparo

    1.Preaqueça o forno em temperatura média (180°c).
    2.Unte e enfarinhe uma assadeira pequena (28 x 18 cm) e reserve.
    3.Em uma tigela, derreta o chocolate em banho-maria. Retire do fogo, acrescente o creme vegetal becel sabor manteiga e deixe amornar.
    4.Junte o açúcar, o leite, a farinha, o fermento e misture até que fique homogêneo.
    5.Coloque na assadeira reservada e leve ao forno por 25 minutos ou até que um palito, depois de espetado na massa, saia um pouco úmido. Retire do forno e deixe amornar.
    6.Em uma panela pequena, misture a água e o açúcar. Leve ao fogo médio até levantar fervura. Junte a amora e cozinhe em fogo baixo por aproximadamente 10 minutos, mexendo às vezes, até formar uma calda grossa.
    7.Despeje a calda sobre o bolo e deixe esfriar. Corte em quadrados e sirva em seguida.
    8.Dicas: a amora é uma fruta pequena, agridoce que pode ser comida crua. Quando madura, tem coloração vermelho-escura. é utilizada no preparo de geleias, licores, caldas e no recheio e coberturas de tortas como a famosa cheesecake, cuja cobertura é normalmente feita com uma fina camada de geleia de amora. Pode ser encontrada em supermercados fresca ou congelada.
    9.Cozinhar em banho-maria é uma forma de cozinhar alimentos usando dois vasilhames: uma panela com água na qual será colocado um outro vasilhame que contém o alimento. Na panela, a água ferve e aquece o outro vasilhame sem que o alimento entre em contato direto com a água.
    10.Para derreter o chocolate em banho-maria, coloque o chocolate em um refratário seco. Ferva água em uma panela, apenas o suficiente para cobrir o fundo do refratário. Retire do fogo e coloque o refratário. Mexa com uma colher seca até o chocolate derreter.

     

    Receitas de Natal – Rabanada diferente

    Ingredientes:

    7 fatias de pão de forma integral

    200 ml de leite desnatado

    1 colher (chá) de essência de baunilha

    2 colheres (sobremesa) de açúcar

    3 colheres (sopa) de água

    1 ovo

    Açúcar e canela moderados para polvilhar

     

    Modo de Preparo:

    Misture o leite desnatado, o açúcar e a baunilha. Bata ligeiramente o ovo. Adicione 3 colheres de água e misture bem. Passe cada fatia de pão no leite e em seguida no ovo batido. Coloque as fatias na forma e leve ao forno bem quente, preaquecido (280ºC), aproximadamente oito minutos. Vire as rabanadas na metade do tempo, para dourarem dos dois lados.

    Menos 1.120 kcal do que a receita tradicional.

     

    Rendimento: 07 porções

    Receitas Light de Natal – Arroz de Natal

    Ingredientes:

    1 xícara (chá) de ricota

    1 copo de iogurte natural desnatado

    1 colher (sobremesa) de manjericão seco

    2 xícaras (chá) de arroz integral cozido na água com sal

    1 abobrinha picada

    1 tomate sem pele e sem sementes picado

    1/2 xícara (chá) de molho de tomate

    Farinha de rosca para polvilhar

     

    Modo de Preparo:

    Coloque a ricota, o iogurte e o manjericão no liquidificador e bata até obter um creme liso. Coloque metade do arroz num refratário e pressione um pouco. Cubra com metade da abobrinha, metade do molho de tomate, metade do tomate e a metade do creme batido. Repita a outra camada. Polvilhe com farinha de rosca e leve para gratinar.

     

    Rendimento: 06 porções

    Shimeji na manteiga à brasileira

    shimeji

    Shimeji na manteiga à brasileira

    Rendimento: 4 porções Tempo de Preparo: 10min
    • Ingredientes:

     

    • 500 g de shimeji fresco
    • 2 colheres de sopa de manteiga
    • 1 colher de chá de açúcar
    • 3 colheres de sopa de molho shoyu
    • Modo de Fazer:
      1. Lave bem o shimeji fresco, escorra bem e separe-os
      2. Coloque em uma panela a manteiga para derreter
      3. Jogue todo o shimeji na manteiga derretida e mexa bem
      4. Acrescente o shoyu e continue mexendo levemente
      5. Por último acrescente o açúcar
      6. Cozinhe por 5 minutos e sirva

    Este prato é muito bom e no restaurante não é muito barato, mas seguindo esta receita fica igual e com custo baixo, porque você sempre vai quere mais.

    Espero que goste.

    Grão-de-bico à moda brasileira

    homus2

    Grão-de-bico à moda brasileira

    Rendimento: 10 porções Tempo de Preparo: 1h 30min
     
    • Ingredientes:

     

    • 500 g de grão de bico
    • 1 colher de sopa de sal
    • 1 pitada de pimenta-do-reino em pó
    • Suco de 1 limão
    • 3 dentes de alho picado
    • 2 colheres de sopa de azeite
    • Modo de Fazer:
      1. Deixe o grão de bico de molho por no mínimo 2 horas
      2. Escorra bem e leve – o para uma panela de pressão e coloque água até cobrir e junte o sal
      3. Cozinhe por 1 hora, marque após iniciar a fervura
      4. Escorra bem os grãos e reserve 1 xícara do caldo
      5. Deixe esfriar e coloque no liquidificador os grãos, o suco de limão o alho, pimenta-do-reino e o azeite
      6. Bata, juntando o caldo que foi separado aos poucos, até obter uma pasta homogênea
      7. Leve à geladeira antes de servir

    Sugestão: Ótimo acompanhamento para o kibe crú. Experimente.

    Quibe cru à moda do Glaydston

    11

    Quibe cru à moda do Glaydston

    Rendimento: 10 porções Tempo de Preparo: 45min
    • Ingredientes:
    •  
    • 1, 5 kg de patinho bem limpo e passado na máquina duas vezes
    • 500 g de trigo para quibe
    • 10 dentes de alho
    • 1 cebola
    • Salsinha e hortelã
    • Sal e pimenta a gosto
    • Azeite de oliva extra virgem
    • Suco de 1/2 limão
    • Modo de Fazer:
      1. Lave o trigo três vezes e escorra muito bem apertando para não ficar água
      2. Bata no liquidificador ou processador o alho, a cebola, a salsinha, o hortelã e a pimenta
      3. Misture a carne ao trigo e acrescente os temperos processados
      4. Amasse bem até dar liga, coloque o sal a gosto
      5. Acrescente o limão, o azeite e a pimenta a gosto
      6. Decore com folhas de alface e galhos de hortelã
      7. Sirva com uma salada de alface, cebola e rabanete regado com azeite de oliva extra virgem

    Informações Adicionais

  • Acompanhamentos: pão sírio, coalhada seca, pasta de grão de bico e azeite.
  • Strogonoff de carne de microondas

    strogonoff

    Ingredientes
    1 colher de sopa de manteiga 300g de carne bovina em tirinhas 1 cebola picada ½ xícara de chá de cogumelos cortados em lâminas 1 colher de sopa de purê de tomate Sal e pimenta do reino 1 copo de vinho branco ½ lata de creme de leite Salsa picada

    Modo de preparo
    Coloque a manteiga numa forma refratária de fundo largo e leve ao microondas em temperatura alta por 1 minuto. Acrescente a carne em tirinhas e refogue por 3 minutos, mantendo a temperatura. Retire a carne da forma e reserve. Nas mesma forma, junte a cebola picada, o cogumelo, o purê de tomate e tempere com sal e pimenta do reino. Aqueça por 4 minutos, sempre em temperatura alta.

    Acrescente a carne reservada e o vinho branco e cozinhe por mais 2 minutos, mexendo na metade do tempo. Retire do forno e adicione o creme de leite sem o soro, misturando muito bem. Deixe o strogonoff descansar por alguns minutos antes de servir.

    Acompanhe com arroz branco e batata palha.